Surfcupe

NOTÍCIA

Voltar 11/04/2018

Xandinho aproveita o final da temporada de ondas em Noronha.

clique para ampliar

Depois de passar pela Urca do Minhoto, no Rio Grande do Norte, o surfista pernambucano Alexandre Ferraz, de 33 anos, aproveitou para fechar com chave de ouro o período de ondas em Fernando de Noronha.

 

O período de tubos e grande ondas, que se inicia em novembro e termina em março, todos os anos. Por lá, Xandinho, como é conhecido no meio do esporte, não encarou um swell dos maiores. Ainda assim, mostrou a competência na hora de achar os tubos.

 

- Noronha é sempre assim. Mesmo quando o swell não está grande, pegamos tubos de sonho. Em algumas caídas, tive a sorte de, mais uma vez, ser feliz nesse lugar, que sempre renova minhas baterias para o restante do ano.

 

Xandinho chegou em Noronha bem "acompanhado". Com o patrocínio da marca de pranchas Oric, levou um quiver com quatro pranchas, feitas pelo shaper Ciro Buarque, para desfrutar de qualquer condições apresentada pela Cacimba.

 

- As pranchas de Ciro funcionaram muito bem. Eu me senti seguro, veloz... E pude ir no meu limite para pegar os tubos. Ajudaram demais. Eu fui sem a perspectiva de swell grande, mas, mesmo assim, quando você tem um quiver para desenvolver seu trabalho, as coisas funcionam com mais tranquilidade.

 

Na Urca do Minhoto, no swell acompanhado e surfado por gente de todo Brasil, Xadinho foi um dos destaques. Ele fez parte da barca formada pelos pernambucanos - Eduardo "Rato" Fernandes, Rogerinho Soares e Clemente Coutinho e pelo paraibano Fábio Gouveia.

Por: Marcelo de Sá Barreto.